A prova fundamental que o amor funciona

Tempo de leitura: 6 minutos

Nos Estados Unidos descobriram surpreendentemente que, o que as células cancerígenas mais têm medo é de amor!

O estudo descobriu que muitas pessoas estão doentes por falta de amor.

Dr. David Hawkins é um médico muito conhecido nos Estados Unidos e já tratou muitos pacientes em todo o mundo. Ele disse que ao ver o paciente já sabe a causa da doença. Ele disse que seus pacientes não falam de amor, só falam de dor, de ressentimento, de frustração, o pacote inteiro está preso ao corpo do paciente.

Hawkins diz: “Muitas pessoas ficam doentes porque não tem amor, só tem dor e frustração. Pessoas com frequências de vibração abaixo de 200, são fáceis de ficar doente.”

Freqüência vibracional é comumente conhecida como o campo magnético. Hawkins descobriu que as pessoas que estão doentes geralmente têm pensamentos negativos. Com frequência de vibração acima de 200, as pessoas não ficam doentes.

Geralmente, seus pacientes têm frequência de vibração abaixo de 200.

Quais são os pensamentos que têm frequências de vibração abaixo de 200?

Pessoas que gostam de reclamar, culpar e ter ódio dos outros, a frequência é apenas cerca de trinta ou quarenta, quem constantemente acusa os outros, diminui uma grande quantidade de energia, de modo que a freqüência de vibração fica abaixo de 200.

Essas pessoas facilmente adquirem muitas doenças diferentes. O índice de vibração mais alto é 1000 e o índice mais baixo é 1. Ele disse que neste mundo, a maior freqüência de vibração que ele viu foi de 700, a sua energia é particularmente suficiente, quando essas pessoas aparecem, podem afetar o campo magnético local.

No Prêmio Nobel da Paz, Madre Teresa apareceu na premiação. Na época, toda a atmosfera foi muito boa, com alta frequência de vibração, de modo que a audiência sentiu a energia do campo magnético, que estava cheio de beleza e comoveu à todos.

Quando uma pessoa de alta energia aparece, a sua energia faz com que o campo magnético de todas as coisas se torne belo e pacífico, mas quando uma pessoa tem um monte de pensamentos negativos, ela não somente fere a si mesmo, mas o campo magnético que a circunda se torna ruim.

Dr. Hawkins disse que ele testou milhões de casos e pesquisou diferentes raças ao redor do mundo. A resposta é a mesma. Enquanto a frequência de vibração for inferior a 200, a pessoa está doente. Se for acima de 200, não terão doenças.

Quais são os pensamentos acima de 200?

Gostar de cuidar dos outros, compaixão, amor, boas ações, tolerância, etc. Estas são frequências de alta vibração, atingindo de 400 a 500.  Em vez disso, como ódio, raiva, culpar, ressentimento, ciúme, ser exigente com os outros, as coisas egoístas, só consideram a si próprios, com pouca consideração pelos sentimentos dos outros, a frequência de vibração dessas pessoas é baixa.

Estas vibrações de baixa frequência também levam ao câncer, causam doenças de coração e outras doenças.  Ele nos disse que o pensamento, do ponto de vista médico, é realmente incrível, o pensando tem uma grande influência na saúde das pessoas.

O poder do amor

Depois que o violoncelista japonês Sean sofreu de câncer, ele tentou combater a doença, mas se sentiu cada vez pior. Ele ajustou sua mente e decidiu amar todas as células cancerosas de seu corpo.

Ele considerou a intensa dor do câncer como um “serviço de despertar”, com bênçãos e gratidão. Ele achou isso bom. Então ele decidiu amar toda a vida, incluindo todos, tudo.

Depois de um tempo, foi inesperado que todas as células cancerígenas tivessem desaparecido. Mais tarde, ele se tornou um conhecido terapeuta no Japão. Essa é a essência da vida – “amor”.

A Constelação Familiar

A Constelação só é possível pelo amor que movimenta o sistema de cada cliente que chega aqui. Você pode saber mais clicando aqui.

Isso não é uma idealização, nem poesia. Na vivência da Constelação vemos o quanto os emaranhamentos ocorrem por um amor que atua na alma, ou inconsciência do cliente. Isso é muito comum.

Muitos chegam com uma postura de estarem desligados do sua família, ou como se não se importassem com o que se passa entre seus familiares. Mas isso muda quando a questão do cliente é olhada na constelação e vemos as reações do cliente, dos representantes e do grupo no Workshop. É visível que o que move uma constelação é o amor profundo que existe no cliente e em cada integrante do sistema.

Talvez seja até possível dizer que não estamos acostumados a sentir conscientemente a intensidade do amor que se revela, pois ele é algo muito forte: não é um amor que somente acolhe ou acalenta, ou que diz coisas boas para nós. É acima de tudo um amor que age e que faz o necessário para que a vida siga adiante.

O que é esse amor?

É uma grande experiência estar em contato com esse amor profundo. Ele nos dá novas portas para ajudar a compreender como somos capazes de criar nossos próprios problemas e dificuldades, sendo ele também a grande força por trás da solução.

É também este amor o responsável pela criação de vínculos tão profundos em um relacionamento de casal, como o que e criado através dos filhos.

Mas é importante reforçar: não estamos escrevendo sobre poesia aqui. Esse amor é real, poderoso e imperfeito. Ou perfeito de uma forma que não conseguimos compreender completamente. Mas é possível vivenciá-lo claramente em um grupo de constelação familiar.

No nossos eventos de Constelação Familiar ou Life Power é nítido a transformação de pessoas, porque é possível encontrar as melhores soluções quando estamos sensíveis e dispostos a nos colocar no lugar do outro, quando estamos dispostos a olhar para o amor.

Mas qual a lógica disso?

É que levamos muitas das dificuldades que sentimos na vida como um ataque pessoal: “Ele fez isso comigo para me atingir”, “Ela fez isso para me machucar…”

Então, quando percebemos que há amor (inclusive no ódio) abaixamos as armas e conseguimos entrar em contato com o outro lado. Novamente, isso não é idealização, nem poesia.

Isso é uma das maiores percepções e vivências que a Constelação Familiar e Sistêmica de Bert Hellinger traz. Somos ligados pelo amor e ele é um dos grandes motivadores de nossos movimentos na vida.

Este artigo é muito valioso, compartilhe. O que achou? Deixe seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *