O que acontece quando a criança perde a mãe muito cedo?

Tempo de leitura: 3 minutos

Uma das maiores dores da vida de uma criança é quando ela perde sua mãe muito cedo. A dor é tão forte e intensa que a criança fecha seu coração, que muitas vezes torna-se bloqueado para a vida toda. Isso acontece para que seja possível sobreviver depois de um fato como esse.

Talvez neste momento você esteja pronta para dar um passo em direção a diminuir esta dor. Ou talvez conseguir aceitar, com seu coração aberto pelo amor, o que aconteceu na sua história e no destino de sua mãe.

O exercício a seguir poderá apoiá-lo neste caminho.

Faça o exercício com calma e se dê o tempo necessário para cada passo.

Sente-se confortavelmente, feche seus olhos e relaxe seu corpo respirando algumas vezes bem profundamente.

A cada respiração sinta que você fica mais relaxado.

Imagine, veja, sinta que sua mãe está ai na sua frente.

Traga a imagem que você tem dela, pode ser de uma foto, ou um momento em que vocês tiveram juntos.

Olhe para ela bem ai na sua frente. Olhe nos olhos dela.

Respire profundamente com a boca aberta. Diga a sua mãe:

– Mãe, você me fez muita falta. Foi muito difícil pra mim.

Chegue bem perto de sua mãe e receba um forte abraço dela.

Continue respirando profundamente com a boca aberta.

Tome seu tempo, olhe nos olhos da sua mãe e diga:

– Eu te amo, mãe. Eu cresci e agora vou ficar bem. Você me deu a vida e agora vou fazer algo bom dela. Farei isso em honra a você, querida mãe, para que seu destino não tenha sido em vão.

Olhe amorosamente para sua mãe e novamente receba um abraço dela.

E diga a ela:

– Mãe, você sempre terá um lugar especial no meu coração. E agora eu te deixo em Paz.

Observe o que ocorre no seu interior, no seu corpo, no seu coração…

E sinta o que muda na sua relação com ela…

Perceba o que acontece com o amor…

Parabéns pela sua coragem em se abrir para algo tão profundo e especial. Você pode ter vivenciado novas experiências, novos insights e imagens curativas. Isto pode ter um impacto profundo na sua alma e pode dar a sua vida uma nova direção.

Os efeitos do trabalho desabrocham no seu próprio tempo quando nós nos desapegamos do desejo de fazermos algo. Lembre-se, os pensamentos são rápidos, mas a alma move-se lentamente.

Respeite este tempo e aceite este presente!

Este exercício não tem como objetivo substituir uma Constelação, pois cada questão é única e não está sujeita à generalizações. Se você sentir necessidade de se aprofundar neste tema sugiro que você procure marcar uma consulta individual ou inscreva-se AQUI em uma Vivência em Grupo para trabalhar sua questão.

“Toda pessoa que lamenta, não quer agir. Todo consolo para alguém que se lamenta apóia a sua não-ação”. (Bert Hellinger)

A Constelação Familiar é destinado a todas as pessoas que buscam a possibilidade do amor nas relações afetivas e geracionais, a plenitude da vida e que queiram nutrir a esperança de relações saudáveis em todos os aspectos da existência do Ser Humano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *