Que raios é Constelação Familiar?

Tempo de leitura: 2 minutos

Recebi essa pergunta de uma leitora de nosso blog, que acompanha nosso Facebook e o fato é que achei a pergunta muito interessante, afinal: que raios é Constelação Familiar? Você sabe?

Ela tinha um tom de agressividade e curiosidade extrema, afinal muito vem se falando de Constelação Familiar e para quem participa deste processo já sabe a infinita possibilidade no desbloqueio de conflitos.

Eu poderia descrever a teoria, o manejo, a técnica… enfim, poderia ter textão, mas de nada adiantaria, pois toda e qualquer palavra é pobre para tentar definir o que é Constelação Familiar.

Costumo usar o seguinte exemplo com meus pacientes, pessoas que buscam auxílio, perguntas feitas nas nossas Lives do Facebook e tem ajudado bastante. Você conhece a chuva?
Você deve estar se perguntando, mas qual a relação da chuva com as Constelações Familiares? Pois é, partimos daí.
Você pode saber a teoria de todos os tipos de chuva: tempestade, garoa, chuva fina, chuva de pedra, chuva….
Se você realmente nunca viu ou sentiu a chuva, você apenas conhece a teoria, agora imagine descrever o que é chuva para uma pessoa que nunca a viu e nem faz ideia do que seja?

Difícil né?

A Constelação Familiar não deve ser explicada, fazemos isso para satisfazer nossas vontades interiores de conhecimento.
Nosso cérebro atua para compreendermos a lógica das coisas, fomos treinados para isso.
É assim por causa disso e aquilo, 2 + 2 = 4, se você seguir este caminho tem determinado resultado. Constelação não satisfaz nosso self lógico, a Constelação Familiar está no nosso self emocional, é um processo que precisa ser sentido, assim como a chuva.
Para estar presente em um evento de Constelação Familiar, existem duas formas: participar ou constelar.
Quando a pessoa decide Constelar, ela coloca o problema, conflito, aquilo que mais pesa na vida dela e quer sentir algo novo, uma resolução de trauma de uma forma que ela nunca jamais imaginou ou poderia perceber sozinha.

Por isso falamos que a Constelação tem um efeito imediato.

Quando a pessoa decide Participar, ela aprende com o problema do outro, com os conflitos apresentados pela pessoa que decidiu constelar.
Esse processo é tão profundo que é altamente terapêutico, uma grande aula sobre comportamentos, leitura corporal, funcionamento de nossa mente e sentimentos.
Se você está lendo e ainda não percebeu que a transformação que ocorre é inimaginável, nós garantimos que não você jamais entrará em uma Constelação Familiar com Márcio Ferreira e irá sair do mesmo jeito, impossível!
Caso você ainda queira explicações lógicas posso te dar dois caminhos, buscar no Google sobre Constelações Familiares, no qual há várias pessoas que tentam explicar, mas lembrando que as palavras são pobres.
O segundo caminho é participar de um evento conosco de Constelação Familiar, inclusive lanço agora um desafio:
Participe de um evento de Constelação Familiar conosco e defina-o.
É um processo inimaginável, apenas os presentes podem sentir, trabalhar com o nosso lado emocional e aí, não estão palavras ou definições.
Viva esse momento, experimente a chuva e não tenha medo dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *